28 de jan de 2010

Homofobia em debate.
Preste muita atenção ao que eu vou dizer. Pode alguém ser condenado por ter câncer, sífilis, tuberculose, ou AIDS? Essas pessoas estão doentes. Podemos supor alguma negligencia, mas pessoas normais não procuram a doença. Podemos dizer que a doença faz parte da infortunística, é um infortúnio, uma ma sorte, que precisa, na medida do conhecimento ser combatida e curada. A Fobia, se você for a qualquer manual de psicopatologia, é um estremado medo ou aversão incontrolável. Portanto a fobia é uma doença de fundo emocional classificada como neurose. É tratável, porém muitas vezes esta acima das possibilidades conscientes do individuo. Enfim é doença, e alguma fobia, conforme o grau de desenvolvimento é: incurável. Lamentável.
O homossexualismo, embora, tenha sido declarado pela Organização Mundial da Saúde (dizem) em documento que nunca li, como não sendo uma doença, é um desvio patológico do impulso sexual, quer queiram quer não. Você não concorda. Você pensa que é uma opção sexual da pessoa, então vejamos: Um gosta do sexo com cachorros (masculinos) ou cadelas, outros com cavalos ou éguas, outros com crianças do sexo masculino ou feminino, outros com velhinhos de ambos os sexos, outros com mortos quentinhos ou gelados de ambos os sexos, outros optaram pela violência antes e depois do sexo (sado masoquismo), e você acha que isso é opção? Você quer acreditar, que isso é uma relação romântica, normal? Um, outro, em nome da bissexualidade quer ter no ato sexual dois parceiros, ou três, e logo, logo, em nome dessa opção estará reivindicando a união civil, ou religiosa poligâmica. E se um dos parceiros for uma criança? Ou um animal?
Eu não vou responder por você. Agora, se você acha que ser homossexual, bissexual, trans sexual é normal, ter fobia não é. Vamos pegar por ai. Se você deve aceitar, um profundo desequilíbrio sexual como normal, porque então perseguir “doentes” fóbicos, que não fizeram opção pela fobia que têm, e que não conseguem conviver normalmente, com pessoas que têm comportamento sexual anormal e escandaloso. Porque penalizar as pessoas que tem fobia pelos homossesuais e outros desvios sexuais?
Temos que respeitar os que optaram pela violência? Pela Promiscuidade? Pela Pedofilia? A pedofilia com crianças do mesmo sexo, se vocês não sabem, é homossexualismo. Porque obrigá-los, então, a aceitar aquilo que lhes é impossível aceitar? Então vamos considerar uma verdade, existem homofobicos tanto quanto existem homossexuais, e ambos estão doentes. Ser heterossexual é normal, e não é fobia. Ser heterossexual é garantir a vida. Então, se há uma política publica necessária para os homofobicos e homossexuais, é ofertar-lhes psicoterapia. E os normais? Eles vão vivendo, e gerando filhos. Os homossexuais vão envelhecendo e morrendo em sua triste doença.
Wallace Requião de Mello e Silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aguardamos comentários racionais.